| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

REVISTA FORMAS & MEIOS
Desde: 03/02/2005      Publicadas: 754      Atualização: 31/10/2005

Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
ARTESANIA

AS MELHORES NOTÍCIAS E CLIENTES ESTÃO AQUI


FOLCLORE - Aleijadinho: patrono dos escultores


Antônio Francisco Lisboa, brasileiro, mineiro, nasceu em 1730, filho de um arquiteto português e de sua escrava. Segundo informações ele nunca freqüentou a escola além dos primeiros anos. Sabia ler e escrever e conta-se que seus conhecimentos de arquitetura, escultura e desenho foram aprendidos na escola de seu pai e com o desenhista e pintor João Gomes Batista. A afirmação de que não Aleijadinho não conhecia a arte européia costuma ser considerada infundada e espantosa pelos estudiosos de suas obras, devido às semelhanças que sua produção apresenta em relação às do velho continente. Provavelmente, ele teve contato com elas somente a partir de gravuras. Entretanto, apesar de seu talento, é freqüente ser argumentado que suas obras apresentam algumas imperfeições (termo bastante discutível) típicas de sua falta de estudos. Na realidade, o alcance de seus estudos são um ponto obscuro na biografia. Considerado o maior artista do Brasil Colonial, onde imortalizou obras do barroco brasileiro. Seu apelido - Aleijadinho - deve-se a uma grave doença contraída aos 47 anos que deformou e paralisou partes de seu corpo. Perdeu todos os dedos do pé, atrofiando-se, curvando (e chegando mesmo a perder) os dedos de sua mão. A vista foi danificada e o rosto acabou retorcendo-se, ganhando um aspecto extremamente desagradável. Entretanto, mesmo com as dificuldades físicas continuou pintando até ser efetivamente imobilizado no final de sua vida, em parte graças ao escravo Maurício, que lhe adaptava os ferros e o macete às mãos. Realizava desde obras de arquitetura, como a planta da Capela de São Francisco de Assis, em Ouro Preto, aos trabalhos de esculturas pelos quais é particularmente conhecido. A pedra-sabão e o cedro eram suas principais matérias-primas. Trabalhou preferencialmente nas cidades mineiras associadas ao ciclo da mineração (apesar de ter passado pelo Rio de Janeiro).

NOTÍCIAS - Ex-prefeito de Ourinhos assume Sutaco


NOTÍCIAS - 15ª Feira Latino Americana de Artesanato


NOTÍCIAS - BIJOUX: TENDÊNCIAS PRIMAVERA VERÃO


NOTÍCIAS - Dia Nacional do Artesanato - 22 de agosto


FOLCLORE - A 42ª Feira do Estoril veta artesão estrangeiro


Até 28 de Agosto, acontece a 42ª edição da Feira de Artesanato do Estoril. O evento irá reunir mais de três centenas de artesãos nacionais, vindos de Norte a Sul do país, que irão vender as suas peças e mostrar ao vivo as diversas artes e técnicas de modelar o barro, pintar azulejos, afagar madeira e tecer lã ou linho. Em todas as outras edições a FAE convidava artesãos de outros países, mas para a 42ª edição aconteceu mudanças: " Não faz sentido fazermos um evento deste tipo se não nos servimos dele para promover a nossa cultura e não a cultura de outros países, como vinha a acontecer nos últimos anos", explica Duarte Nobre Guedes, presidente da Região de Turismo do Estoril. "É muito importante que, em termos turísticos, haja uma promoção da cultura portuguesa e isso passa pelo artesanato, pela gastronomia e pelo folclore." Nesse sentido, a FAE não vai ter este ano artesãos internacionais nem semanas gastronómicas estrangeiras. "A cultura nacional é tão interessante para os estrangeiros como para os próprios portugueses, pois tanto uns como outros não conhecem muito bem a própria cultura portuguesa", salienta Nobre Guedes. Além da mostra de artesanato, a FAE irá contar com apresentações folclóricos durante a semana, fadistas às sexta-feira à noite e concertos musicais diversos nas noites de sábado. Também na área gastronómica, cada semana será dedicada a uma região diferente do país. A primeira caberá ao Alentejo. Outra das novidades desta edição será a existência de um espaço destinado às crianças que serão incentivadas à participar em ateliers artísticos com a ajuda de monitores especializados. SERVIÇO: A Feira de Artesanato do Estoril - Portugal aberta ao público - Das 18h às 24h e ao fim-de-semana entre as 17h e as 24h.

FOLCLORE - Artesanato Regional: andaluzia


NOTÍCIAS - ARTESANAL 2005: tudo para arte


SÃO PAULO - 16 de junho - teve início a feira "Artesanal 2005", no anexo de eventos do Colégio São Luís, onde uma verdadeira multidão esperavam em fila para conhecer os mais variados produtos artesanais. O evento irá até dia 19 de junho, e lá, pode-se encontrar tudo para quem gosta de arte e artesanato. Desde Revistas, Artesanato em Madeira, Bijouterias, Pincéis, Papéis Especiais,Telas e outros acessórios. São cinco andares somente com produtos relacionados ao artesanato e pintura. Empresas especializadas como Redelease, Gato Preto, Casa da Arte e Guarany montaram seus boxes para a "Artesanal 2005". O evento também disponibiliza cursos, e palestras através da Rádio Artesanal montada dentro da feira.



Encontro de Mídias



Pararelo ao evento, foi realizada uma reunião de empresários ligados ao setor da comunicação onde a proposta seria a "formação" de um pool entre essas empresas que têem ligação com Artesanato e a Arte. Ou seja, cultura. Pautas como " Promover a aproximação dos veículos visando discutir em blocos os rumos e dificuldades comum a todos e suas soluções, dar destaque os assuntos de relevância ao desenvolvimento do setor, Fomentar a fundação da "Associação Brasileira dos Veículos do setor de Arte, e Geração de renda e a promoção do bem-estar comum aos grupos populacionais menos favorecidos. Segundo o organizador, Cassius Gama, o intuito primeira foi de mapear os veículos que trabalham em prol da divulgação da Arte, da Cultura e do Artesanato.


FOLCLORE - Brazil Handicraft



Selo de qualidade do artesanato brasileiro, certifica a origem do produto artesanal


Por decreto lei nº 2.398, de 21 de novembro de 1997, a APEX - Brasil começou a operar como implementadora a política de exportações estabelecida pela Camex - Câmara de Comércio Exterior da Presidência da República. As características comum dos projetos da Apex-Brasil é o estímulo para que as empresas de pequeno porte, os pequenos empreendedores se adaptem ao cenário do comércio exterior, através da disseminação da cultura exportadora. Para tanto foi criada a Brasil Handcraft que é a marca que identifica os produtos artesanais brasileiros que tem a sua origem e qualidade certificadas pelos Projetos Setoriais Integrados - Artesanato. A meta destes projetos, em parceria com entidades locais, é aumentar as exportações brasileiras para os atuais e novos mercados, ampliando o número de produtos artesanais exportados e o número de artesãos envolvidos com o comércio exterior, garantindo qualidade aos seus produtos. Os produtos deverão ser produzidos artesanalmente dentro dos padrões de qualidades exigidos pelo mercado internacional, para que possa ser aceito. Com o intuito de agênciar artistas /artesãos, a ABAC - Agência Brasileira de Arte, Artesanato e Cultura -, vem facilitar o intercâmbio entre os artesãos, artistas plásticos e empresas, sendo que os profissionais terão acesso a um serviço especializado além de poderem participar de feiras, eventos e divulgação. A meta da ABAC é representar os produtos através de parcerias com empresas privadas ou não e, também, implementar a promoção comercial do artesanato brasileiro dentro e fora do País, visto que o artesão quanto pessoa física ainda encontra-se abandonado.


Mais notícias
17/07/2005 - FOLCLORE - MIX ARTESANAL
" TÉCNICAS E CONHECIMENTO RESULTAM NUM TRABALHO OUSADO E REALISTA " Por Luciana PerfeitoSem se apegar a qualquer estilo específico de arte, o casal Ariel Milani Martine,25, e Beatriz Beloto, 20, produzem replicas de animais em tamanho real. Graduados em Biologia, a ilustração dos trabalhos adquire uma naturalidade maior através do conhecimento que...



Capa |  ARTES PLÁSTICAS  |  ARTESANIA  |  ATUALIDADES  |  CARANGO  |  CHARGE  |  CINEMA ANTIGO  |  CLÁSSICA  |  CONTANDO HISTÓRIAS  |  CRÉDITOS  |  CULTURA  |  DEAD ROCK  |  DISCOS / SHOWS  |  EDITORIAL  |  EXPOSIÇÕES  |  F&M FEMININA  |  F&M WORLD  |  FILMES EM CARTAZ  |  FOTOTECA  |  GALERIA VISCONDE  |  GIGANTES DO JAZZ  |  IMPRENSA  |  LITERATURA  |  MAURÍCIO CARDIM  |  MPB  |  MUSEUS  |  PARCERIAS  |  PERSONALIDADES  |  PINTORES  |  PORTFÓLIO  |  PROJETOS  |  QUEM SOMOS  |  RÁDIO  |  REDAÇÃO  |  SAÚDE  |  SPcentro  |  TEATRO  |  TELEVISÃO  |  TENDÊNCIAS  |  TVZONA
Busca em

  
754 Notícias